quinta-feira, 17 de Abril de 2014

Novidades...

A primeira imagem desta sequência, demonstra "na perfeição", o resultado de uma má escolha (mais uma vez...) de substrato utilizado para a germinação das sementes.
Não, desta vez o substrato não era do "baratucho" made in Portugal! Desta vez, e sem ser barato, adquirido no Leclerc, tinha como proveniência a Bélgica. Olé...
Adquiri dois sacos (1 = 40L + 1 = 70L), de marcas diferentes, com a intenção de fazer a sementeira dos dois, no caso de algo correr mal - o que veio acontecer. Infelizmente, a "intenção" passou-me depressa (de semear no substrato das duas marcas)...

Os vasos mais pequenos (branco e amarelo) contem a variedade Black Cherry, e que foi a primeira a semear este ano (6 ou 8 de Fevereiro), com intenção de fazer alguns enxertos.
Os outros vasos são da segunda sementeira (a mais importante...), que aconteceu a 16 de Fevereiro, e que continham entre 10 a vinte e tais sementes por vaso, dependendo da variedade.
Pois então, o resultado do substrato é o que se vê, ou seja, as plantas não desenvolvem.

Já prestes a deitar tudo para o lixo - para não me agonizar mais...-, e decidido, então, a fazer a sementeira de tomates deste ano com tomateiros adquiridos na feira (coração de boi e marmande), acabei por me lembrar...da "intenção" inicial (de boas intenções está o inferno cheio...).
Não, não fiz nova sementeira, "apenas e só" retirei os tomateiros daquele substrato, molhei as raízes por água (para limpar o substrato "culpado") e repiquei-as individualmente no "novo" substrato (o tal esquecido...).
Isto aconteceu na última semana de Março; por isso basta só comparar os resultados, pois as imagens inseridas são actuais; e volto a lembrar que a primeira imagem são os vasos da sementeira, ainda com tomateiros lá dentro ("irmãos" de nascença dos que se encontram nas imagens seguintes).

No ano passado, por esta altura, já tinha tomateiros com o dobro (e até mais) de tamanho dos actuais.
Em todo o caso, e com ajuda deste tempo..., o atraso é recuperável (por isso acredito que há fortes possibilidades de degustar tomates em Julho).